Departamento de Ciências Empresariais

Diretora de Departamento

Carla Sofia Pires de Carvalho Oliveira Silva
cosilva@ismai.pt

 

​O Departamento de Ciências Empresariais do Instituto Universitário da Maia – ISMAI, conta com cerca de 800 alunos distribuídos por oito Licenciaturas e cinco Mestrados, em regime diurno e/ou pós-laboral, e que cobrem três grandes subdomínios disciplinares: ‘Ciências Empresariais’, ‘Engenharia e Técnicas Afins’ e ‘Turismo, Desenvolvimento e Património’. Nas ‘Ciências Empresariais’, os cursos de Gestão de Empresas, Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Marketing e de Contabilidade estão voltados para a otimização de Processos, Pessoas, Resultados, Produtos, Serviços e Clientes.

Neste âmbito disciplinar, destaca-se aqui o curso de Gestão de Empresas que, inspirado nos modelos das melhores universidades internacionais, apresenta um plano de estudos inovador e diferenciador, com uma área de formação comum, e quatro ramos distintos: Finanças, Marketing, Contabilidade e Gestão Industrial.
Nas ‘Engenharia e Técnicas Afins’, os cursos de Energias Renováveis (reconhecido pela OET – Ordem dos Engenheiros Técnicos), de Engenharia de Segurança no Trabalho (reconhecido pela OET, pela ACT – Autoridade para as Condições de Trabalho, e pelo IEFP – Instituto Emprego e Formação Profissional), e de Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança (reconhecido pela ACT e pelo IEFP), constituem-se como os vértices lógicos de uma moldura formativa assente no primado da Sustentabilidade (energética, processual e laboral, respetivamente).
Qualquer um destes cursos confere aos alunos uma formação técnica, multifacetada, e de indiscutível utilidade e atualidade, procurando responder aos novos, complexos e urgentes desafios decorrentes de uma nova ordem económica na qual a Economia Verde, a Reindustrialização e o Trabalho Digno assumem um papel preponderante.

Por fim, no subdomínio do ‘Turismo, Desenvolvimento e Património’, o cursos de Turismo visa preparar técnicos superiores altamente qualificados na criação, gestão e desenvolvimento de soluções, aplicações e indústrias turísticas, atendendo às especificidades culturais, patrimoniais e económicas no País e das Regiões. O Turismo, enquanto reconhecida prioridade estratégica nacional, multifacetada e multidimensional, requer formação específica no domínio de competências nucleares suscetíveis de congregar e integrar as suas diferentes valências (históricas, patrimoniais, culturais, e tecnológicas).

A amplitude formativa dos Mestrados deste Departamento permite aos alunos o aprofundamento ou a diversificação da sua formação inicial em diferentes áreas disciplinares: Gestão de Empresas, Marketing, Gestão Estratégica de Recursos Humanos, Gestão de Sistemas de Qualidade, ou Turismo Desenvolvimento e Património.
A variedade e qualidade da oferta formativa dos cursos de Licenciatura e Mestrado deste Departamento, conjugadas com o notável prestígio que o ISMAI goza junto dos empregadores e da comunidade local, e das múltiplas possibilidades de mobilidade internacional a que os alunos podem aceder, distribuídas por 16 países (Europa, Ásia e América do Sul), explicam não só a sua elevada procura, mas também os seus elevados níveis de empregabilidade.

A progressiva visibilidade do ISMAI e do seu muito qualificado corpo docente é igualmente notória também no domínio da investigação científica, área na qual o âmbito de atuação do Departamento está representado por duas unidades de investigação distintas: Unidade de Investigação em Empresariais e Sustentabilidade (UNICES) e Centro de Estudos de Desenvolvimento Turístico (CEDTUR). Nas suas diferentes áreas de intervenção, estas unidades constituem-se não só como polos agregadores, criadores e disseminadores de novos conhecimentos, mas a partir dos quais também se criam, consolidam e expandem redes de relacionamento nacionais e internacionais, com claros benefícios para a qualidade formativa.

 

Ler mais...

De acordo com os resultados de um inquérito telefónico realizado junto dos nossos ex-alunos licenciados, a empregabilidade média do triénio 2012/2013/2014 atingiu os 81% (Ciências Empresariais), 70% (Engenharias e Técnicas Afins), e 75% (Turismo, Património e Desenvolvimento). Contrastando fortemente com os indicadores nacionais, estes resultados contribuem para reforçar a imagem de prestígio e atratividade do ISMAI e dos seus cursos.

Oferta Formativa